Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

riscos_e_rabiscos

.

.

{Da minha ausência. }

É verdade, tenho estado um pouco "calada". Isto deve-se a estar com um pequeno problema de saúde que me faz sentir muito cansada, sem energia nenhuma, oca de ideias, letárgica, e a minha única vontade, para os próximos tempos, era estar esticada no sofá sem mexer uma palha.

Espero que em breve a coisa melhore. Juro que vou fazer um esforço hercúleo para escrever aqui qualquer coisinha! 

sofa.jpg

 

 

 

Quase diria que é sexta-feira 13!

Tinha marcada para hoje de mana uma ecografia que era semi de rotina e também para averiguar um problemazito.

 

Cheguei antes da hora marcada e assim que me chego ao balcão da recepção, oiço uma das moças a falar com a médica que faz as ecos. Assim que entrego o meu P!, pergunta-me ela "já percebeu o que aconteceu, não já? Está tudo atrasado...". A médica tinha ficado retida no trânsito por causa de um acidente num dos lados do túnel do grilo. u

 

Uma hora e pouco depois, lá chegou a médica. despachou 10 ou 12 pessoas enquanto o diabo esfrega um olho, até que chegou a minha vez. 

enquanto me fazia a eco a médica fez um comentário acerca de um problema meu super desagradável. Vim tão aparvalhada que só pensei para com os meus botões :( toma lá que já levaste!" e vim-me embora 

 

Antes de chegar a casa, ainda parei na pastelaria do costume para beber um café na esperança de ser sacudida daquele estado de toma-lá-que-já-levaste.

 

Mas eu sou parva porque no que toca a este problemazito, só oiço opiniões e comentários desfavoráveis, já devia estar a contar com isto não era?

 

Para desanuviar, cheguei a casa e deparei-me com o momento hilariante do dia: o meu irmão a "falar" ao telemóvel e a ressonar. Perguntei-lhe se estava ao telefone porque estava a ressonar e ele disse-me que não estava nada a ressonar e que estava a falar com a pessoa Xis. Daí a 2 segundos só se ouve um brutal "RONC!". grande conversa! ;)

Hello, hello!

Começamos a semana com um dia mais fresquinho, o que para mim é óptimo. Gosto e calor mas não em exagero. E para começar a minha semana da melhor maneira possível, tenho uma dor no ombro/pescoço que me imobiliza. Argh!
Aqui para os meus lados, há pelo menos três semanas, que as coisas andam a meio gás em termos de saúde. 
Já não me apetece sentir assim...
{#emotions_dlg.tired}

Completamente arrasada.

Pois é mesmo assim que me sinto: completamente arrasada. Estou sem força, alento ou ânimo para fazer seja o que for.

 

Tenho estado o dia todo com dor de cabeça que culminou, ao fim do dia, numa enxaqueca. Acabei por me mandar para cima da minha cama, fechar os olhos e dormitar um bocado, às escuras e em silêncio. Melhorei um pouco.

 

Mas eu até sei o motivo disto tudo. O culminar da semana das avaliações - com o stress e nervos que lhe estão inerentes -, noites mal dormidas, aquela fase do mês e a odisseia de ontem com o telemóvel, deu nisto. Em vez de ter começado a semana de forma calma, não. Foi aquela correria até à escola, os nervos de não saber se iria encontrar o telemóvel, a seca de uma hora sentada no muro até ficar com o backside quadrado e depois o chegar a casa de transportes.

 

Assim que chego a casa, começa uma chuva e uma trovoada...! Ao subir a rua, já vinha de chapéu de chuva aberto mas quando entrei em casa, desabou o céu. A rua parecia um rio com tanta água e eu, se já não estava bem, ainda pior me fiquei a sentir.

 

Não sei se vos acontece o mesmo, mas a pressão atmosférica e dias como o de ontem, afectam-me sobremaneira a minha cabeça. Parece que tenho excesso de electricidade cerebral e não me sinto nada bem: fico mal disposta, com dor de cabeça e com sensação de náusea.

 

Em resumo, foi um dia para riscar do mapa de férias. Literalmente!